sábado, 31 de julho de 2010

Isso é certo?


Apesar de vivermos numa democracia, num país onde todos os cidadãos têm direitos iguais e qualquer pessoa pode ir e vir e se expressar como bem entender, o preconceito ainda existe. Duvida? Experimente olhar para aquela garota mais excluidinha na sala e se perguntar o motivo pelo qual ela não fala com quase ninguém? “Porque ela é esquisita”, você provavemente pensou. Mas isso está certo mesmo?
Pré-julgar as pessoas sem nem ao menos conhecê-las é o pior defeito dos seres humanos. Se você é homossexual, provavelmente dará em cima de todas as pessoas do mesmo sexo que o seu. Se é branquela demais, é papel sulfite. Se é morena demais, é feijão preto. Se é gorducha, saco de arroz. Se é magrela, vareta. Se é muito inteligente, nerd. Se não atinge a média, burro! Mas e se você concorda com tudo isso a respeito das pessoas? Vou te dizer, aí você é cabeça fraca!
O preconceito está escondido nas mais diversas brincadeiras, por mais inocentes que sejam. Mas nem sempre o alvo disso tudo acha graça. E quem sai perdendo é você. Perdendo a chance de conhecer alguém diferente de você, aprender com a falta de semelhanças. 
Não é só porque uma garota é gay que ela não é legal. Não é só porque um garoto não atinge a média que ele não é divertido. Não é só porque uma pessoa é gordinha que ela não tem sentimentos. Será que não está na hora de rever seus conceitos?

Nem sempre o que os outros veem é o que somos.
Um beijo, May

4 comentários:

Thatha disse...

A May ta escrevendo cada dia melhor !!!

Ana Carolina Lima Da Rosa disse...

Acho,que as pessoas porque fulano tirar nota baixa, elas julgam, sem ao menos conhecer esse é, concordo com o que vc diz no seu texto :DD

tati_nanda disse...

May, eu adorei o seu texto.
não é grande demais nem curto demais, e tem consistência.
Eu luto totalmente contra o preconceito!
eu e minha mania de ajudar...
os que já sofri: magrela, estranha( distraida, desajeitada, e opnioes diferentes da massa geral.)
bom, é isso. adorei essa coluna. mesmo.
beijins

Karolyne disse...

É incrível como eu tenho a mesma opinião que você em relação a tudo! E com certeza esse é o assunto que eu mais gosto de enfatizar, a questão sobre como a mídia e sua influência ENFIA na nossa cabeça um conceito de perfeição, de como devemos ser em relação a tudo, praticamente um mero robo social. E hoje em dia ser diferente é normal (como esse blog! Que graça teria se vc escrevese a mesma bull shit que todo mundo? haha), ainda bem que não é todo mundo igual, a única coisa que falta ainda é uma pitada de alma e bom senso.
E quando pensamos que não existe mais ninguém que não é preconceituoso e influenciavel nos deparamos com pessoas como vc e eu, muito gratificante descobrir esse post em uma tarde de domingo :)

Parabéns May, tudo de bom! Nunca pare de escrever! Você escreve maravilhosamente bem, seus pensamentos e palavras é a única coisa que não podem tirar de você;

Beijos, Karol.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails